Veja X14

Oi meninas! Esse ano faço 8 anos de casada e apesar de hoje ter uma pessoa que me ajuda na casa, no começo do casamento a gente não tinha não! Nos casamos e fomos morar em outro estado e tudo novidade pra mim. jpgComo éramos só nós dois, a limpeza era, digamos, mais fácil! Não tinha bagunça de brinquedos, roupas intermináveis para lavar e nem muito menos mil mamadeiras na pia, mas não tinha escapatória: tinha que fazer faxina sim!!!

Confesso que limpar a casa não é meu forte, mas ficar esfregando banheiro é quase um martírio!rsrs Uma das coisas que fui apresentada logo que casei foi o Veja X14 (quem me apresentou foi uma faxineira que só apareceu uma vez e pediu para eu comprar!rsrs) e até hoje ele é usado por aqui! Gente, não tem braço que aguente ficar esfregando azulejo e tentando tirar limo e ele ajuda muuuito! Hoje ele tem a facilidade de ter uma tampa borrifadora, mas na época só vendia estilo squeeze e  você precisava e espirrar no local e na minha concepção acabava gastando mais.

A dica é aplicar e deixar agir alguns minutos e depois vir com uma esponja úmida. A única ressalva é usar luvas, pois como tem cloro pode causar agredir a pele. Tem também a versão sem cloro, mas se você quer tirar limo, só sai mesmo com o que contém cloro.

E você, o que usa na limpeza do banheiro? Me conta aí para eu testar!

bjoo

Tal mãe tal boneca

Oi meninas! Mãe de menina brinca de boneca, né? A gente enfeita, arruma cabelo, compra mil laços, vestidos, sapatos…rsrs

Hoje quero mostrar uma mini sessão de fotos que fiz da Chloe vestida igual à boneca dela. Ela penteou cabelo, brincou, queria me imitar! Essas roupas são da Sweet Cotton e a marca acompanha a gente tem que tempinho, como podem ver aqui e aqui. As estampas estão super em alta para esse verão 2016, só o que vejo nos catálogos de moda que recebo! Para combinar coloquei nos cabelos dela 2 lacinhos fazendo harmonia com um dos tons das rosas dos vestidos. A boneca é baby Alive e a sapatilha é da minha linha de calçados.

image image image  image image  image

Vestidos: Sweet Cotton @sweetcottonmoda

sapatilhas: Modelo Bia http://www.louisesaboia.com.br  @bylouisesaboia

Laços: http://www.coisasdimaria.com.br

Bjoo

Festa Patisserie da Peppa

Oi meninas!! Quem acompanhou no Snap viu essa festa linda que fomos! É da Ana Lis, filha da Brena (@maemedicamoderna). Essa mamãe super caprichosa fez todas as lembrancinhas! A decor foi assinada pelo Buffet Travessuras e ficou muito lindo e clean. Foram usadas as cores tradicionais do tema; azul, rosa e amarelo; mas abordado de uma forma super diferente envolvendo a patisserie! Amei a disposição das mesas de jantar e a forma como foram colocados os balcões para  nos sentirmos mesmo em uma Patisserie.

As lembrancinhas foram quadros com tintas guache, pincel e um avental personalizado e também uma lata super fofa cheia de guloseimas.

image  image

image  image

image  image

image  image

image  image

image  image

Um bjoo.

Buffet: Travessuras @travessurasfestas.

5 Dicas de Produtos

Oie! Na correria nem pude avisar por aqui do meu vídeo da semana! Gente, preciso de 72h em um dia e mesmo assim parece que não darei conta, viu?rsrs

Então está aí o vídeo! Assiste e se inscreve no canal! 😉

Vacina Contra a Meningite B, por Luisa Arnoud

Oi meninas! Hoje nossa colaboradora e médica Luisa Arnoud, do IG @wowmaes traz um tema que tem muitas dúvidas para nós pais: dar ou não a vacina de Meningite B para nossos pequenos. Quando Benjamin tinha 2 meses foi internado e a suspeira era de meningite. Vocês devem imaginar que só faltei morrer, né? Entrei em pânico, hospital lotado, crianças passando mal perto de mim, Benjamin chorando sem parar. Foi desespedador!!

O texto dela traz muitas informações sobre a vacina, vamos lá?

“Oi pais e mães! Diante das dúvidas recebidas sobre a vacina que protege contra a meningite tipo B, achei válido abordar mais sobre esse tema. Será que essa vacina vale a pena? Quais os benefícios? Quais as reações a criança pode apresentar? Quantas doses são necessárias? A vacina pode provocar a doença?image1

Vamos entender melhor e esclarecer essas e outras questões.

No Brasil, o meningococo B está em segundo lugar entre as causas de doença meningocócica invasiva, sendo responsável por 20% dos casos em todas as faixas etárias.

Segundo o médico pediatra Dr. Rodrigo Barroso, com a introdução da vacina meningocócica C na rotina de vacinação infantil, e conseqüente redução do número de casos causados pelo meningococo C, o meningococo B passou a representar, em menores de cinco anos, o principal agente etiológico da doença meningocócica.

Os sintomas são facilmente confundidos com os de uma virose. Os pais nunca devem subestimar os sinais e sintomas. Devem buscar auxílio médico, especialmente se houver febre alta.

O paciente pode ter febre, vômitos em jato, náusea, dor de cabeça, irritabilidade, cansaço, sonolência, choro e tensão na moleira. Pode depois de um tempo, apresentar manchas roxas ou manchas avermelhadas na pele (estas últimas chamadas petéquias), sensibilidade à luz e rigidez na nuca. E o tratamento não adequado pode levar à morte em poucas horas.

TRANSMISSÃO

Ocorre de pessoas para pessoa, por gotícula e secreções expelidas pelas vias respiratórias.

VACINA

A vacina meningocócica B recombinante possui quatro proteínas capsulares (antígenos) do meningococo B. É produzida por um tecnologia chamada vacinologia reversa. No Brasil, essa combinação de antígenos permite estimar uma cobertura de 80% dos meningococos B. Segundo o pediatra Renato Kfouri, vice-presidente da SBim (Sociedade Brasileira de Imunizações), é de extrema importância a criação da vacina contra meningite B, pois dentre as doenças que possuem prevenção atualmente, tais como hepatites, difteria ou o tétano, a meningite B é a mais letal.

PODE ADMINISTRAR A VACINA CONTRA O MENINGOCOCO B JUNTO COM OUTRAS VACINAS?

Pode ser administrada juntamente (embora em sítios separados) com as vacinas da difteria, tétano, coqueluche, Hib, pneumocócicas conjugadas, pólio, hepatite B, tríplice viral, tetra viral e varicela.

INDICAÇÃO

A vacina é indicada para indivíduos a partir de 2 meses de idade contra a doença invasiva causada por Neisseria meningitidis do grupo B. Está licenciada para indivíduos até 50 anos, é recomendada de forma rotineira para crianças e adolescentes.

CONTRAINDICAÇÕES

Indivíduos com fatores de risco, até 50 anos de idade, também devem ser imunizados.

Quadro febril agudo ou alergia grave a algum componente ou a dose anterior da vacina.

ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES

A administração deve ser adiada em caso de doença febril aguda grave.

Não estão disponíveis dados clínicos suficientes sobre a vacinação durante a gestação. No entanto, a vacinação deve ser considerada pelo médico da gestante se houver claro risco de exposição a infecção meningocócica, pois não há indícios de toxicidade materna ou fetal. O mesmo ocorre com a amamentação.

EFEITOS ADVERSOS

Febre alta pode ocorrer, principalmente em lactentes e crianças menores de dois anos de idade, com picos nas seis primeiras horas após a vacinação, regredindo em até 72 horas.

Reações adversas locais também podem ocorrer: dor, vermelhidão, calor e inchaço no local da injeção.

Nos estudos clínicos da vacina não foi observado aumento da incidência ou da gravidade das reações adversas com as doses de reforço.

VIA DE APLICAÇÃO: Intramuscular.

image1

A SBim sugere o seguinte esquema de doses para a rotina de vacinação contra a doença meningocócica

 3 meses: Meningocócica C conjugada e Meningocócica B;

 5 meses: Meningocócica C conjugada e Meningocócica B;

 7 meses: Meningocócica B;

 12 a 15 meses: Meningocócica conjugada ACWY e Meningocócica B.

Para adolescentes, o esquema recomendado é de duas doses com intervalo de 1 mês.

HÁ RISCO DE CONTRAIR A DOENÇA COM ESSA VACINA?

Não. Essa vacina não é feita com microrganismos vivos, apenas com partes ou fragmentos deles,capazes de desencadear a resposta imunológica com produção de anticorpos, mas não são capazes deprovocar a meningite B.

A vacinação deve ser iniciada o mais precocemente, visto o risco da doença no primeiro ano de vida. Lactentes, crianças e adolescentes ainda não vacinados, devem iniciar a vacinação meningocócica B assim que possível, respeitando-se o número de doses do esquema primário e os intervalos mínimos para cada faixa etária.

A vacina só está disponível em clínicas particulares, até o momento.

Fonte: Sociedade Brasileira de Imunizações (SBim).

Colaboração: Dr. Rodrigo Barroso, médico pediatra.

por Dra. Luísa Arnaud.”

Luisa Arnoud é medica, mãe da Bella e dona do blog wowmaes

1 2 3 51